Quarta-feira, 30 de Abril de 2014

 

Depois de lermos o “Pequeno Livro das Coisas” (Editorial Caminho) ficamos com tanta curiosidade sobre as coisas que quisemos fazer várias perguntas a João Pedro Mésseder. Enviámos-lhe dez questões difíceis, mas pertinentes, e ele não esteve cá com coisas: respondeu a todas. Leia a entrevista exclusiva e aprenda qualquer coisa sobre o falar-das-coisas. 

 

Ver notícia do prémio aqui.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 23:00
Sábado, 26 de Abril de 2014

Chema Madoz

 

- Pai, Mário Soares defendia uma sociedade sem classes?

 

Sim. Defendiam todos. O rapaz esteve a ver o debate entre Álvaro Cunhal e Mário Soares (Youtube) e não compreende a polémica entre ambos, muito menos que o segundo tenha metido o socialismo na gaveta.

 

Vila Nova de Gaia, 26 de janeiro de 2014.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 23:00
Sexta-feira, 25 de Abril de 2014

Uma espécie de posse física periódica, que acautelasse de prescrição o maná providencial.

 

Miguel Torga, in Vindima, 5.ª edição, página 30.

 



publicado por Paulo Moreira Lopes às 23:06
Sexta-feira, 25 de Abril de 2014

Representava, no meio dos requintes mundanos dos seus e da azáfama mourejadoura dos outros, a caricatura cruel da vida, a babar-se, a dizer inconveniências e a perseguir as criadas.

 

Miguel Torga, in Vindima, 5.ª edição, página 29.

 



publicado por Paulo Moreira Lopes às 23:05
Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Sabia-lhe ao trovisco de uma resignação provisória.

 

Miguel Torga, in Vindima, 5.ª edição, página 29.

 



publicado por Paulo Moreira Lopes às 23:04
Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Parecia um lobo acuado.

 

Miguel Torga, in Vindima, 5.ª edição, página 28.

 



publicado por Paulo Moreira Lopes às 23:03
Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

De um dia para o outro os corvos-marinhos desapareceram da minha vista.

Mais velas haverá a luzir na escuridão do Douro.

 

Ver chegada aqui.

 

Freixo, Campanhã, Porto, 23 de abril de 2014.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 00:00
Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

Um calor de fogueira ondulava no ar, grosso e pesado.

 

Miguel Torga, in Vindima, 5.ª edição, página 28.

 



publicado por Paulo Moreira Lopes às 23:02
Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

O rio, torturado e barrento, ia passando à direita, num doloroso esforço contraído.

 

Miguel Torga, in Vindima, 5.ª edição, página 28.

 



publicado por Paulo Moreira Lopes às 23:00
Terça-feira, 22 de Abril de 2014

Parecia uma destas naturezas que estão sempre bem onde estão, e criam à sua volta um halo instantâneo de simpatia.

 

Miguel Torga, in Vindima, 5.ª edição, página 28.

 



publicado por Paulo Moreira Lopes às 22:59
São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.
mais sobre mim
Abril 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

15
16
18
19


27
28
29


Histórias mal contadas (Pré-publicação)
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO
Visitantes