Quinta-feira, 31 de Julho de 2014

Dormida a sesta, apetecia compartilhar, mesmo de carro, a lassidão que o declínio do sol deixara por toda a parte.

 

Miguel Torga, in Vindima, 5.ª edição, página 45.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 00:00
Quinta-feira, 31 de Julho de 2014

Um perfume subtil, imponderável, envolveu-a num afago de gaze.

 

Miguel Torga, in Vindima, 5.ª edição, página 45.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 00:00
Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Desenhou-se-lhe no rosto um rictus de impaciência.

 

Miguel Torga, in Vindima, 5.ª edição, página 45.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 00:00
Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

As palavras que lhe dirigia pareciam bater de encontro a uma porta fingida.

 

Miguel Torga, in Vindima, 5.ª edição, página 43.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 00:00
Terça-feira, 29 de Julho de 2014

O adversário não argumentava, mal se defendia e, contudo, cada vez se lhe avantajava mais, como um fantasma que tirasse a força do próprio absurdo mágico de existir.

 

Miguel Torga, in Vindima, 5.ª edição, página 43.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 00:00
Terça-feira, 29 de Julho de 2014

E ao mesmo tempo toda ela era mulher, feminina e atraente como uma leiva de jardim.

 

Miguel Torga, in Vindima, 5.ª edição, página 42.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 00:00
Segunda-feira, 28 de Julho de 2014

Os olhos, muito azuis e de uma pureza de água, tinham qualquer coisa da inocência espantada dos bichos.

 

Miguel Torga, in Vindima, 5.ª edição, página 41.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 00:00
Segunda-feira, 28 de Julho de 2014

Falava, e toda ela parecia ergueu-se do chão numa ascese natural, espontânea, semelhante ao ímpeto de certas flores que, por alongamento excessivo da haste, fogem à condição da raiz.

 

Miguel Torga, in Vindima, 5.ª edição, página 41.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 00:00
Domingo, 27 de Julho de 2014

E havia tanta dignidade, tanta aceitação no seu sorriso, que o dr. Bruno, prensado entre ele e o ar chocarreiro da grávida, perdeu o pé na conversa.

 

Miguel Torga, in Vindima, 5.ª edição, página 41.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 20:56
Domingo, 27 de Julho de 2014

O dr. Bruno, porém, necessitava de entrar naquela vida por alguma porta.

 

Miguel Torga, in Vindima, 5.ª edição, página 40.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 20:54
São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.
mais sobre mim
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

15
16
17
18

23
25



Histórias mal contadas (Pré-publicação)
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO
Visitantes