Domingo, 24 de Agosto de 2014

 

A insustentável força da gravidade da tristeza.

 

Santiago de Compostela (Centro Galego de Arte Contemporânea), 22 de agosto de 2014.


Índice:

publicado por Paulo Moreira Lopes às 00:28
Sábado, 23 de Agosto de 2014

Chema Madoz

 

Andar com acabeça nas nuvens não é perda de tempo. Sonhadores têm o cerebro mais activo, lidam melhor com imprevistos e desenvolvem raciocínio lógico.

 

Será?


Índice:

publicado por Paulo Moreira Lopes às 10:20
Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

Opção editorial inqualificável.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 09:02
Terça-feira, 19 de Agosto de 2014

 

Penso muitas vezes neste autor. Quanta felicidade deve ter sentido ao criar este universo. Sentir-se-á como um deus?


Índice:

publicado por Paulo Moreira Lopes às 21:52
Sexta-feira, 15 de Agosto de 2014

 

Todos os homens são insubstituíveis, mas uns são mais insubstituíveis que outros.

 

Emídio Rangel por Baptista-Bastos.


Índice:

publicado por Paulo Moreira Lopes às 20:41
Sexta-feira, 08 de Agosto de 2014

 



publicado por Paulo Moreira Lopes às 00:00
Quinta-feira, 07 de Agosto de 2014

Graça Martins nasceu em Vila do Conde, veio cedo viver para o Porto e hoje reside aqui ao lado em Esmoriz. É certo que na maior parte dos dias não está cá, mas a recordação do que viveu nas Avenidas Rodrigues de Freitas e Boavista, nas ruas da Alegria, Duque de Palmela e Miguel Bombarda, e no Passeio Alegre, entre outros tantos lugares (quantas vezes a passar rente ao oiro velho dos plátanos), puxa-a para estas bandas. Está, assim, com um pé lá e a alma cá. São os sulcos da memória que não pode apagar. 


publicado por Paulo Moreira Lopes às 21:05
Terça-feira, 05 de Agosto de 2014

Para qualquer lado que olhassem, a vista só encontrava um mar de folhas.

 

Miguel Torga, in Vindima, 5.ª edição, página 49.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 00:00
Segunda-feira, 04 de Agosto de 2014

 

 

 

Ramón Gómez de La Serna



publicado por Paulo Moreira Lopes às 15:38
Segunda-feira, 04 de Agosto de 2014

 

Nuno Meireles nasceu na freguesia de S. Gonçalo e hoje reside em Freixo de Cima, ambas do concelho de Amarante. Já publicou dois livros, a saber: o romance autobiográfico “A vida e Eu” e o romance ficcional “Duas vidas, um destino”. Está prestes a publicar a sua terceira obra “Amar Depois de Amar” (mais um romance ficcional). Apesar das obras literárias produzidas não se considera, mesmo assim, escritor. Afirma, por outro lado, que o meio onde vive não influenciou o resultado da sua atividade enquanto contador de histórias. 



publicado por Paulo Moreira Lopes às 00:28
São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.
mais sobre mim
Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
21
22

25
26
27
28
29
30

31


Histórias mal contadas (Pré-publicação)
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO
Visitantes