Domingo, 28 de Junho de 2015

Casa Espinho com flores de época

As flores de época em contraste com as cores neutras envolventes são como rastilho que incendiado pelo nosso olhar faz explodir a primavera guardada no fundo da nossa memória.

 

NOTA: A tendência para entaipar o edifício também sucedeu aqui, mas muito mitigada. Confrontar imagem na plataforma Google Maps de 2013.

 

Rua 27, Espinho, 14 de junho de 2015.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 23:51
Sexta-feira, 26 de Junho de 2015

Antero de Alda clp

ANTERO de Alda nasceu em 1961. Publicou memória de hibakusha (1986) e O Século C.N.A.(1999). É um dos principais autores de poesia visual portuguesa, com E.M. de Melo e Castro, Ana Hatherly, António Aragão e Alberto Pimenta, entre outros. Os seus scriptpoemas são obras da referência no domínio da ciberliteratura. Recentemente publicou a reserva de Mallarmé, ed. GALÁPAGOS, dezembro de 2013, o que nos inspirou a propor-lhe este desafio. As respostas são em prosa com alguns versos à mistura.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 00:00
Quarta-feira, 24 de Junho de 2015

Papel-Pensante Fita Cola

MEMÓRIA descritiva: sobre um suporte com um rolo de fita-cola está afixado: PAPEL-PENSANTE e o texto – Acabaram-se as fitas! da autoria de PML



publicado por Paulo Moreira Lopes às 09:34
Quarta-feira, 24 de Junho de 2015

 

MEMÓRIA descritiva: PARTIR: o IR separa-se do resto da palavra e sai fora da caixa; FECHAR: o R roda 90º no sentido dos ponteiros do relógio; ESTICAR: o espaço entre as letras vai crescendo até a palavra atingir os limites da caixa; PÔR: o acento circunflexo passa para debaixo do O; MINGAR: toda a palavra minga.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 09:28
Quarta-feira, 24 de Junho de 2015

Carlos Mensil

PARA Carlos Mensil o princípio chegou dentro de uma caixa de lápis-de-cor. Depois foi só espalhar cor pela casa dos pais (seria vandalismo?). Não queria mais nada: era vê-lo então satisfeito com as suas desconstruções. Tudo começou em Santo Tirso, onde nasceu e reside. Entretanto veio estudar para a faculdade de Belas Artes do Porto e aqui instalou ateliê. Foi nesta última cidade que as relações com a criatividade se tornaram mais densas, alimentando agora toda a sua produção, sem fazer esquecer as amizades que cedo desenvolveu e que ainda perduram.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 09:16
Sábado, 20 de Junho de 2015

SENHOR O sair da casca

 


Índice:

publicado por Paulo Moreira Lopes às 22:08
Domingo, 14 de Junho de 2015

- Paulo, cortas-me uma fatia de queijo?

- Outra vez?!

 

Às vezes corto o queijo em fatias grossas. Ela apanha-as logo para as comer. Sabe-lhe bem. Diz que assim (por terem sido cortadas por mim) não sente culpa nenhuma em come-las. Acha que é um desperdício cortá-las grossas. Resultado: ela fica com o queijo e eu com a culpa.

 

Vila Nova de Gaia, 14 de junho de 2015.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 15:07
Sábado, 13 de Junho de 2015

Sol Chema_Madoz.

- Pai, cada um tem aquilo que merece. Não é?

 

É… Outro que vive in locus de controlo interno.

 

Vila Nova de Gaia, 12 de junho de 2015.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 10:25
Sábado, 13 de Junho de 2015

Malestar 1984 Joan Brossa

- Pai, o que é o mundo inteligível?

 

Respondi à advogado. É o mundo compreensível. Se não for compreensível, ou seja, se for ininteligível, diz-se inepto. (artigo 186.º NCPC) Espero que tenha ajudado para o teste de filosofia.

 

Vila Nova de Gaia, 4 de maio de 2015.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 10:15
Sábado, 13 de Junho de 2015

Bicha serpe José Guimarães - Penafiel

Não sei explicar porquê, mas gosto muito desta instalação urbana. Será a plasticidade (será feita em plástico?), as cores, o enquadramento? Não sei explicar.

 

Penafiel, 9 de junho de 2015.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 09:42
São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.
mais sobre mim
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11

15
16
17
18
19

21
22
23
25
27

29
30


Histórias mal contadas (Pré-publicação)
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO
Visitantes