Domingo, 27 de Dezembro de 2015

 

MEMÓRIA descritiva: BRASIL: o B roda 90º no sentido dos ponteiros do relógio[1]; ENTRE-OS-RIOS: depois de escrita a palavra os hífens são trocados por tiles; ITÁLIA: depois de escrita a palavra o L passa a ter o pé virado para a esquerda; PARIS: o A cresce evidenciando-se em relação às restantes letras; VALONGO: o V cresce e abre-se um pouco de modo a que as ouras letras passem para o seu interior.


[1] O B ganha a forma do bumbum da mulher brasileira. Trata-se de uma homenagem ao trabalho do designer Ji Lee.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 18:24
Terça-feira, 03 de Novembro de 2015

 

MEMÓRIA descritiva: ZERO: sai o Z, o E e o R e fica só o O; DOIS: sai o D, o O e o I, sendo que o S inverte-se (roda para a esquerda); TRÊS: sai o T, o R e o S, ficando o E sem acento que se inverte (roda para a esquerda); SETE: sai o S e os EE, desaparecendo o braço direito do T; OITO: sai o I e o T, passando o segundo O para cima do primeiro.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 19:38
Segunda-feira, 26 de Outubro de 2015

 

MEMÓRIA descritiva: ADORMECER: primeiro apaga-se o A, depois a DOR, a seguir o ME e por fim o CER(1) ; FUGIR: cada uma das letras foge para seu lado; MERGULHAR: a palavra inclina-se mais ou menos 45º no sentido dos ponteiros do relógio tendo como ponto fixo o meio da palavra e a seguir da caixa; SENTAR: o E passa para debaixo do S e o N para debaixo do E, o T e o A assentam ao lado do N, enquanto o R vai alojar-se sob o A; SOLETRAR: cada uma das sílabas, lidas da esquerda para a direita, cresce e minga.

(1) Inspirado no Enigma n.º 403 de Augusto Baptista.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 21:26
Domingo, 11 de Outubro de 2015

 

MEMÓRIA descritiva: ABADE: a barriga inferior do B cresce; FISSURA: desaparece um dos S; CÉLERE: depois de escrita a palavra esta sai muito rapidamente pelo lado direito da caixa; DESVIO: o I inclina-se para o lado direito ficando paralela ao braço direito do V; GRALHA: o L passa para o lugar do H.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 06:44
Domingo, 04 de Outubro de 2015

 

MEMÓRIA descritiva: ACORDAR: o A e o C sobem para cima do O; AJOELHAR: depois de escrita a palavra o segundo A passa para debaixo do R, o H para debaixo do A, o L para debaixo do H e o E para debaixo daquele, a seguir o OJA ficam atrás do E pela ordem de chegada; PLANTAR: aparece uma linha por debaixo da palavra e depois cada uma das letras enterra-se na linha; PODER: após se ter escrito a palavra trocam-se as posições do E pelo R de modo intermitente; TOMBAR: a palavra é escrita na vertical, lida de cima para baixo, sendo que tomba pra o lado direito até cair no chão.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 23:39
Domingo, 20 de Setembro de 2015

 

MEMÓRIA descritiva: TRÂNSITO a multiplicar por CARROS é igual a CONGESTIONAMENTO; JORNAIS mais REVISTAS mais LIVROS igual a QUIOSQUE; ESTUDO menos CONCENTRAÇÃO é igual a REPROVAÇÃO; SEARA a dividir por MONDA é igual a TRIGO com resto JOIO.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 22:45
Domingo, 16 de Agosto de 2015

MEMÓRIA descritiva: CÃO menos DONO é igual a VADIO; CASAMENTO a dividir por DESILUSÃO é igual a DIVÓRCIO com resto DOR; CORRER a multiplicar por HORAS é igual a MARATONA; RIO mais BARRAGEM é igual a ALBUFEIRA.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 22:58
Sexta-feira, 24 de Julho de 2015

 

MEMÓRIA descritiva: CONDUÇÃO menos ATENÇÃO é igual a ACIDENTE; ESPERAR a multiplicar por HORAS é igual a DESESPERAR; EMPRESA a dividir por DESAVENÇAS é igual a DISSOLUÇÃO com resto DÍVIDAS; NASCER mais CRESCER mais AMADURECER mais ENVELHECER mais MORRER é igual a VIDA.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 22:34
Quarta-feira, 24 de Junho de 2015

 

MEMÓRIA descritiva: PARTIR: o IR separa-se do resto da palavra e sai fora da caixa; FECHAR: o R roda 90º no sentido dos ponteiros do relógio; ESTICAR: o espaço entre as letras vai crescendo até a palavra atingir os limites da caixa; PÔR: o acento circunflexo passa para debaixo do O; MINGAR: toda a palavra minga.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 09:28
Sábado, 23 de Maio de 2015

 

MEMÓRIA descritiva: EMPURRAR: o E empurra as outras letras que vão caindo para um nível inferior ao da palavra; SUSSURRAR: todas as letras passam a ser duplas; EMPILHAR: o L vai empilhar o H sobre o A e estes dois sobre o R, passando depois a empilhar o I sobre o P, estes sobre o M e, finalmente, os três sobre o E; CORRER: acrescentam-se vários R após o segundo R até estes saírem da caixa; LEVANTAR: o L desce para um nível inferior ao da palavra, a seguir a perna alonga-se e levanta o resto da palavra.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 19:49
São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.
mais sobre mim
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Histórias mal contadas (Pré-publicação)
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
Visitantes