Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

04.Nov.14

Sete perguntas a Raquel Caldevilla

Raquel CaldevillaPara a Raquel, o Porto é uma cidade mágica. Não admira! Primeiro, este lugar teve o condão de agasalhar o amor que a iria gerar e, depois, o poder de a puxar para a nossa companhia. E que dizer dos remédios caseiros que lhe oferece? E do ambiente de liberdade expressiva que lhe proporciona? Maior magia não existe. Para saber mais não há nada melhor do que ler os seus contos: doze histórias, doze vidas. Uma para cada mês do ano. Não se acanhe. No final poderá dizer: quem conta o Porto, acrescenta um ponto. 

01.Nov.14

A BULA de Outubro

A BULA OUTUBRO 2014O Outono está aí! Os sinais da sua chegada são muitos e variados. Basta ouvir a voz da terra, sentir o poder renovador da chuva e assistir ao novo ciclo das aves (já chegaram os corvos-marinhos!). Vão ser dias de mudança e de esperança. Para os enfrentar sugerimos a toma, se possível diária, dos comprimidos literários d’A BULA de outubro. É um preparado caseiro de talento e imaginação de Anabela Borges e Beatriz Lopes. O titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante d’A BULA é o Correio do Porto, tendo esta sido aprovada pela última vez no dia 30 de setembro de 2014.

 

Para fazer download basta clicar na imagem.

 

Ver criação d’ A BULA  aqui.

Pág. 2/2