Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

26.Ago.12

Acorda para mim!

 

Gota a gota o soro ia-se escoando pelas veias e o seu olhar perdia-se nas paredes brancas. Cansada de esperar vi-lhe as pálpebras esticarem-se até se… tocarem.


Eu estava sentado do outro lado do quarto. Entre nós existia uma cama vazia.


O silêncio era quebrado pelo gotejar mudo do soro.


Enviei-lhe, via SMS, uma mensagem:


- Acorda para mim!


Ela pegou no telemóvel, leu a mensagem, piscou-me o olho direito, sorriu e depois voltou a estender as pálpebras até à... próxima mensagem.

 

Vila Nova de Gaia, fim de tarde de 2 de julho até ao início da madrugada de 3 de julho de 2012.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.