Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

23.Set.12

Os filhos dos mortos



Somos, efetivamente, filhos dos "mortos" que revivem e reflorescem em nós. Por isso quem não dedicar, ao menos vinte por cento da sua vida a essa "conversação com os mortos", que é a leitura, pode ficar certo de que a sua cabeça ficará deserta e a sua vida vazia.

 

José Luís Martín Descalzo in Razões para Viver, Editorail Missões Cucujães, página 181.