Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

22.Dez.12

Histórias de graça



Para serem lidas nas diversas aceções da palavra. Mas se perguntarem ao autor qual delas corresponde a cada uma das histórias, tendo em conta que no momento da sua escrita o sentido das mesmas ficou entre ele e Deus, e que, entretanto, aquele já se esqueceu do espírito com que as escreveu, terão de perguntar a Deus qual a verdadeira aceção da história. Não se ria o leitor desta advertência, pois o esquecimento não tem graça nenhuma.