Domingo, 15 de Setembro de 2013

 

- Pai, por que é que estás sempre a ouvir essa senhora?

 

Ele chamou senhora à Rita Lee. Soou-me tão mal! Se ao menos tivesse dito: rapariga, garota, mulher, cantora, artista ou rainha do rock em língua portuguesa. Também podia ter-lhe chamado Emília (do Sítio do Pica-Pau Amarelo)[1]. Agora senhora?!



[1] Ver entrevista ao GNT (24:20).



publicado por Paulo Moreira Lopes às 22:02
São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.
mais sobre mim
Setembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13

16
17
19
20

23
25
26
27

30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO