Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

25.Nov.16

A BULA de Novembro

A_BULA_NOVEMBRO_2016_HELDER MAGALHÃES

UM incêndio de cor continua a consumir as nossas paisagens (do que sobrou do verão). É o outono, uma estação com sentimentos ambivalentes: à exuberância da cor das folhas segue-se o seu desprendimento. É neste tempo que o vírus da nostalgia e da melancolia pega de estaca. Para evitar exageros, este mês sugerimos a ingestão de sete comprimidos literários da autoria de Hélder Magalhães com ilustração de Marine Loup. Torna-se público que o titular daAutorização de Introdução no Mercado e Fabricante d’A BULA é o Correio do Porto e que foi aprovada pela última vez no dia 31 de outubro de 2016.

 

Para fazer download clicar aqui.

 

Ver dobragem d’ A BULA  aqui.

 

§

Farmácias de Serviço:

Asa de Mosca
Biblioteca Pública Municipal do Porto – S. Lázaro
Duas de Letra
Estação Ferroviária de Porto-Campanhã (i point)
Intervalo
Livraria Utopia
Livraria Velhotes

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.