Domingo, 20 de Novembro de 2016

chuva_melancia

 (Sarah Illenberger)

 

- Pai, pensar incomoda como andar à chuva?

 

Incomoda mais. Incomoda tanto que muitas pessoas preferem deixar de pensar perante o mal que o pensar lhes causa. Enquanto se pode evitar o incómodo da chuva, a dor de pensar, ou melhor, a dor que nos causa certos pensamentos dificilmente se pode superar.

 

Há até quem seja apanhado em flagrante delitro a contornar os maus pensamentos.

 

Vila Nova de Gaia, 18 de novembro de 2016.



publicado por Paulo Moreira Lopes às 15:17
Sendo assim prefiro sofrer a deixar de pensar! Excelente post!
fashion a 20 de Novembro de 2016 às 16:11

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.
mais sobre mim
Novembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
19

21
22
23
24
26

27
29
30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO