Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

01.Fev.14

Casimiro Teixeira

 

O mundo não se resume a Azurara, nem sequer a Vila do Conde. Mas para Casimiro não existe outro lugar tão maravilhoso (onde já ouvimos isto?). É mais um, entre tantos outros, de hoje e de ontem, famosos ou desconhecidos, a deslumbrar-se com o paraíso à foz do Ave plantado. Viver, conviver e sorver aqueles espaços é o bastante para o inspirar enquanto escritor. E tanto é assim, que o sítio já faz parte das suas histórias. É uma personagem a acrescentar ao rol daqueles que podem não saber por onde vão, mas que, invariavelmente, vão dar sempre a Vila do Conde. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.