Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

25.Jan.14

Diálogos conjugais XVI

- Paulo, hoje és tu a fazer a cama.

- Porquê?

- Porque ontem fi-la eu!

 

Detesto fazer a cama sozinho. Irrita-me andar de um lado para o outro. E quando me lembram, são irritações a dobrar: o esquecimento e as voltas à cama.

 

Vila Nova de Gaia, 25 de janeiro de 2014.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.