Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

27.Dez.14

Diálogos conjugais XXV

- Estou tão confusa! Já não sei o que faço.

- Fazes bem: faz só o que sabes fazer. Esquece o que não sabes o que fazes.

 

É o que faz querer fazer muitas coisas ao mesmo tempo. Eu, ao menos, como só faço uma tarefa de cada vez, sei o que faço.

 

Vila Nova de Gaia, 24 de dezembro de 2014.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.