Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

14.Jun.15

Diálogos conjugais XXVI

- Paulo, cortas-me uma fatia de queijo?

- Outra vez?!

 

Às vezes corto o queijo em fatias grossas. Ela apanha-as logo para as comer. Sabe-lhe bem. Diz que assim (por terem sido cortadas por mim) não sente culpa nenhuma em come-las. Acha que é um desperdício cortá-las grossas. Resultado: ela fica com o queijo e eu com a culpa.

 

Vila Nova de Gaia, 14 de junho de 2015.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.