Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

Histórias mal contadas

São factos do quotidiano, aparentemente sem qualquer importância, aos quais o autor dá a relevância do absoluto, do todo. É a sua obra-prima, sem prejuízo de outro entendimento.

24.Dez.14

Natal por PML

Garrincha tinha setenta e cinco anos e andava de terra em terra a mendigar. Naquele ano era sua intenção passar o Natal no lugar onde nasceu. A meio da caminhada começou a nevar de forma tão intensa que se decidiu a pernoitar numa capela. Para se aquecer fez uma fogueira no coberto com o andor que encontrou no interior. Depois foi ao altar e trouxe para junto de si a imagem de Nossa Senhora com o menino Jesus ao colo. Era um autêntico presépio. O Garrincha fazia de S. José.

 

Sinopse do conto de Miguel Torga O Natal, publicado in Novos Contos da Montanha, 10.ª edição de autor, Coimbra 1981, páginas 121 a 126.

 

Vila Nova de Gaia, 24 de dezembro de 2014.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.